31 de dez de 2012

Fall - Capitulo 9/ Mas...Eu vou morrer sem vocês aqui!


OMB! (66'

Lutar pelo amor é bom,
mas alcançá-lo sem luta é melhor.
P.O.V Mariana Sanchez
Acordei cedo como de costume, embora tenha dormido tarde ontem porque Matt me fisera ficar assistindo um filme –cujo não me lembro o nome- até tarde. Tomei um banho e me vesti. Logo fui acordar Matt, que dormia como um anjo.
Mari: ACORDA MATT. AGENTE TEM QUE IR PRA ESCOLA–disse pulando na cama-
Matt: QUE ISSO GAROTA? FICOU DOIDA É?
Mari: não. É qu você está extremamente atrasado, e se você não levantar tipo, AGORA, você morre.
Matt: tá tá. To indo –disse se levantando e indo até o banheiro com uma muda de roupa e uma tolha em mãos-
°°°
Nesse momento estamos na escola. Já dei a noticia pra Liv que eu e Matt vamos viajar.
Liv: Mas.. Eu vou morrer sem vocês aqui! –disse fazendo um escândalo que só ela-
Mari: não vai não. –pois é, eu tive uma ideia bem legal-
Liv: hãn? –disse confusa-
Mari: você vai com agente. Topa? –disse com um sorriso no rosto-
Liv: claro que eu topo Né lesada. Mas... você tem que falar com a minha mãe.
Mari: ok. Eu falo com ela. Vamos? –disse quando o sinal bateu-
Liv&Matt: vamos.
Aulas chatas, professores chatos e nada do Justin.. Sim, eu estou preocupada. Qual é... ele é um dos meus melhores amigos. Finalmente intervalo. Sai da sala correndo e fui a procura da minha irmã que estava com Rebeca-sua melhor amiga-
Mari: Hey Joyce! Você sabe do Justin?
Joyce: não.. eu também quero saber, porque ontem ele disse que ia vir a escola hoje. –ela parecia meio tensa-
Mari:ok. Han.. depois da escola vamos até a casa dele ok.
Joyce: tudo bem –suspirou aliviada-
Voltei ao encontro de Liv e Matt... Liv olhava quase babando por Ryan
Mari: hey Liv! Baba não viu?! Rsrsrsrsrsrsrs
Liv: vai te catar Mariana.
Fui até Ryan e seu grupinho.. quer dizer o time de basquete da escola ¬¬’
Mari: Hey Ryan! Posso falar com você? Em particular? –disse olhando o resto do time-
Ryan: hãn... ok. Vem comigo-disse me puxando pelo braço com cuidado- então.. pode falar –ele parecia nervoso-
Mari: não precisa ficar nervoso Ry. Eu não mordo –ele pareceu mais relaxado- Então Ry, você sabe porque o Justin não veio hoje?
Ry: ah, não sei bem a tia Pattie disse que ele estava com febre ou alguma coisa do tipo.
Mari: hm... Hey Ry! Acho que tem uma amiga minha afim de você a um tempo –disse sorrindo-
Ry: quem?
Mari: Liv
Ry: Livia Marie? –seus olhos brilhavam-
Mari: a própria. Han.. acho que você gosta dela. –ele corou-
Ry: éer.... acho que eu sempre gostei dela mas... ela nunca me deu bola..
Mari: fala com ela... bom, vou lá. beijos
Voltei pra onde estavam Liv e Matt.
Mari: hey! Hoje não vou pra casa com vocês.
Liv: por que?
Mari: Vou na casa do Justin. Parece que ele ficou doente ou algo assim.
Matt: e a a sua irmã sabe que você na casa do NAMORADO dela –disse dando ênfase na palavra ‘namorado’-
Mari: ela vai comigo. Está tão preocupada quanto eu, –dei uma pequena pausa- afinal ele é NAMORADO dela  –disse dando ênfase na palavra ‘namorado’-
Liv: ah. Hey! Já é quinta feira. Quando é a viagem?
Mari: provavelmente domingo. Vou na sua casa hoje pra falar com a Tia Beth.
°°°
Matt: que tédio –disse Matt depois de 40 minutos de intervalo-
Mari: pois é.. gente, vou ali rapidinho tá. Beijos.
Sai dali e fui pro meu ‘cantinho’ peguei meu celular e disquei o número de Justin que atendeu no terceiro toque.
Ligação on
Justin: alô?-disse com a voz falha-
Mari: Justin! Como você está?
Justin: Mari?-ele pareceu surpreso- Não estou 100% mas, estou um pouco melhor.
Mari: o Ryan me disse que você estava doente. Fiquei preocupada. Eu  e Joyce vamos na sua casa depois da aula, pode ser?
Justin: pode sim... vai ser bom ter alguém pra me distrair um pouco.
Mari: como e por que você ficou doente? Ontem você parecia tão bem lá em casa
Justin: nem eu sei direito.
-Justin vai tomar um banho que eu vou comprar seu remédio –disse uma voz feminina no fundo-
Justin: mari, vou ter que desligar. Minha mãe foi comprar um remédio pra mim.
Mari: tudo bem. Agente se vê depois então. Beijos –disse antes de encerrar a ligação-
Ligação off
Fiquei ali mais uns 5 minutos e depois voltei aoencontro de Liv e Matt, que não se encontravam mais no lugar que os ‘deixei’. Caminhei calmamente pelos corredores da escola até que um ser desconhecido me derrubou no chão.
XxxX: Me Desculpe. Eu não te vi. –disse me ajudando a levantar-
Mari: não. Tudo bem –levantei minha cabeça e pude ver que era- Christian Né?
XxxX: como você sabe? –ele pareceu surpreso-
Mari: acho que eu sou filha do diretor e conheço todos aqui –disse nun tom de brincadeira-
Chris: dãh claro.. Pode me chamar de Chris, Mariana .-disse sorrindo-
Mari: me chame apenas de Mari. Chris?! Sem querer ser curiosa, mais já sendo... porque você não está junto ao time?
Chris: eu sai do time ontem... eles disseram que eu não tinha potencial pra fazer parte do time e bla bla bla-disse um pouco triste-
Mari: O QUE? Quem te falou isso?
Chris: foi o Ben.
Mari: ele é o capitão do time? –perguntei mesmo já sabendo a resposta-
Chris: não, mas...
Mari: pronto! Você não está fora do time. O capitão é o Ryan e ele, apenas ele pode te tirar do time. Alias, EU vou fazer questão de tirar esse tal de Ben do time, ele só atrapalha. Vamos! –disse puxando-o –
Chris: onde vamos?
Mari: você vai ver.
Fui praticamente correndo até o vestiário do time. Ok, eu sei que sou uma garota, mais e daí? Eu não me importo com isso. Quando entrei no vestiário todos ali me olharam assustados.
Mari: hãn.. qual de vocês é o Ben?
Todos apontaram para um garoto loiro dos olhos verdes em um canto qualquer.
Mari: ok... han.. Ry!-disse chamando sua atenção- Você sabe que o Chris saiu do time?
Ry: -me olhou assustado- O QUE? MAIS EU NÃO O TIREI DO TIME-disse quase gritando –
Mari: ótimo. –disse sorrindo- Ry, se você me permite eu gostaria de tirar do time uma pessoa.
Ry: fique a vontade Mari.
Mari: Ben? Por favor... antes de você ir pra casa, passe na diretoria, e deixe o uniforme o time ok. eu estarei lá. E Chris, você ainda está no time. –ben me olhava com raiva- seu olhar de raiva não me assusta Ben! –disse e sai dali-
Que legal, eu que nunca falei com qualquer garoto dessa escola agora estou falando. Depois que o Justin apareceu tudo mudou, e isso é bom. Pelo menos pra mim. O sinal bateu e eu fui rapidamente pra sala.
Matt: onde estava?-disse quando cheguei perto dele e Liv-
Mari: resolvendo umas coisas com time
Liv: e desde quando você conversa com alguém nessa escola?
Mari: desde hoje =)
°°°
O resto das aulas foram normais. O sinal bateu e eu fui correndo encontrar Joyce para irmos aé a casa do Justin. Mas adivinhem? A amiga dela disse que ela já tinha ido. Ótimo. Peguei meu carro e fui em direção a casa do Justin. Quando cheguei bati na porta 3 vezes e uma mulher, uito linda, me atendeu.
XxxX: pois não? –disse simpática
Mari: Oi. O Justin está?
XxxX: há você deve ser a Mari Né.
Mari: sim-disse sorrindo- como sabe?
XxxX: o Justin vive falando de você.. eu sou Pattie, mãe dele. Entre.
Mari: obrigada dona Pattie.
Pattie: pode me chamar de Tia Pattie querida.. o Justin está lá em cima com... a namorada dele.
Mari: ah minha gêmea. –disse fazendo uma careta-
Pattie: gêmea? Nossa nem parece-disse surpresa-
Mari: pois é... acho que vou voltar mais tarde então. Não quero enterrompe-los .
Pattie: ah! Você já vai? Fica mais um pouco. Daqui a pouco eles decem. Vem estou tentando fazer um bolo. –disse indo pra cozinha-
Mari: tudo bem –acompanhei-a-
Pattie: você sabe fazer bolo?
Mari: adoro fazer bolo.
Pattie: serio? Então, você me ajuda? Eu  não sou muito boa na cozinha. –disse sem jeito-
Mari: claro tia Pattie.
Estava ‘ensinando’ a tia Pattie a fazer o bolo, ela é bem legal, disse a ela que iria viajar e ela perguntou o porque, e eu? Bom, eu disse a verdade Né, a Tia Pattie se tornou uma grande amiga pra mim. Estava rindo enquanto tia Pattie me contava sobre as travessuras do Justin, quando de repente entraram 3 seres gritando na cozinha.
Ryan: Que cheiro bom hein tia Pattie.  Que você tá fazendo? Oi Mari –disse quando notou minha presença ali-
Mari: oi –sorri-
Pattie: o que eu estou fazendo não. O que a Mari está fazendo, seria o certo.
Chaz: seja o que for, o cheiro está ótimo. Da pra sentir o cheiro da esquina.
Chris: pior que é.
mari: hey tia Pattie, que tal um mousse(é assim q escreve gente(?)) de chocolate?
Pattie: seria ótimo. Porque minha casa já está cheia de formigas-disse se referindo aos garotos que se encontravam ali-
Fiz o mousse e enquanto Ele esfriava na geladeira as ‘formigas’ que estavam ali devoravam  bolo que eu tinha feito.
Mari: vão ficar com dor de barriga.
Ry: claro que não. Isso tá muito bom-disse pegando mais um pedço de bolo-
Estávamos rindo quando Justin e Joyce entrar na cozinha de mãos dadas. Olhei rapidamente e desviei o olhar.
Joyce: o que faz aqui mari?
Mari: eu disse que viria aqui com você. Mais acho que alguém não me esperou –disse irônica a ultima frase-
Joyce: foi mal.. estava preocupada com o Juss.
Justin: hey Mari.-disse me dando um beijo na bochecha e pegando um pedaço de bolo-
Mari: está melhor?
Justin: sim. –disse sorrindo- isso está muito bom. Quem fez?
Pattie: a Mari.
Joyce: agora eu quero. Minha irmã faz as melhores comidas do mundo. –disse rindo-
Mari: nem..-disse fazendo uma careta-
Joyce: é sim. Você semprei ia pro Brasil umas trocentas vezes no ano e sempre voltava com uma receita nova.
Mari: pois é... –disse sem graça- Tenho que ir –disse olhando as horas no relógio que tinha ali na cozinha-
Pattie: mais já?
Mari: sim. Tenho que passar na casa de uma amiga. Vamos viajar esse final de semana e eu tenho que falar com a mãe dela. Vem comigo morena?-disse olhando para Joyce-
Joyce: vou não loira. Depois ligo pro Jefferson vir me buscar –Jefferson era nosso motorista, quer dizer ele era nosso faz tudo. Ele é filho da Maria-
Mari: tudo bem. Tchal pessoas –disse acenando e saindo dali-
°°°
Mari: Mas, tia Beth.. meu pai vai contratar um professor pra ir com agente. Não estaremos sozinhos. –disse tentando convencer tia Beth a deixar Liv ir-
Beth: tudo bem... ela pode ir. Mas com uma condição. Que ela me ligue todos os dias.
Mari: i  tia Beth obrigada –disse pulando em cima dela lhe dando um abraço- LIV PODE SAIR DE TRÁS DA ESCADA. SABEMOS QUE ESTÁ AI-disse gritando para que ela pudesse escutar-
Liv: tenho que arrumar um lugar melhor pra escutar conversas. AIN OBRIGADA MÃE EU TE AMO TANTO-disse abraçando sua mãe-
Mari: bom, vou indo. Até amanha Liv. Tia Beth, sábado eu venho aqui com meu pai pra ele te explicar melhor. Beijos-disse e sai dali-

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leia antes de comentar por favor



• Leu? Comente
• Gostou? Comente
• Não Gostou? Comente.

♦ Sua Opinião é sempre bem-vinda, seja ela positiva ou não.

✓Vocês já devem saber que o Google está excluindo blogs que deixam o URL nos comentários,para o bem do nosso blog, use esse
exemplo: fcjdbbrasil1(blogspot.com)

♠ Volte Sempre